quinta-feira, 31 de março de 2011

BENFEITO, BEM-FEITO E BEM FEITO

O novo acordo ortográfico ainda é motivo de muita dúvida.
Embora ele tenha sido responsável por alterar uma quantidade ínfima de vocábulos do universo do português brasileiro, bastou pouco para que viessem à tona dúvidas aos montes.

Pois bem. Vamos à análise de mais um caso cujo uso costuma causar confusão.

  • BENFEITO (da forma como se nos apresenta) funciona como substantivo. Observemos seu emprego no exemplo a seguir:
O benfeito conseguiu ser aprovado pelo conselho fiscal.

  • BEM-FEITO (com hífen) é considerado adjetivo. Portanto, ele deve acompanhar sempre um substantivo. Vejamos:
O prédio foi muito bem-feito.

  • BEM FEITO (sem hífen) é usado como interjeição - que, de acordo com o Aurélio, é uma palavra com que se exprime um sentimento de dor, alegria, irritação, etc. Abaixo, uma possível aplicação:
Bem feito! Não quero que isso se repita! - disse a garota.


Espero ter feito uma abordagem bem-feita do assunto. É isso. 

Nenhum comentário: